terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Árvore de Natal feita de redes


Mais um mimo a enfeitar de redes Fortaleza. No fim da tarde de ontem, a árvore de natal da Praça Portugal foi inaugurada com toda a sofisticação e o charme que esse espaço público tem a oferecer aliados à temática das festas de fim de ano. Mais um presente do Ceará Natal de Luz.

Conta o produtor executivo do projeto, Paulo Albuquerque, que a árvore tem 60 metros de altura onde saracoteiam, suaves e faceiras, 240 redes brancas. “Elas vão decrescendo numa escala logarítmica. A mesma da íris (membrana circular e pigmentada do olho em cujo centro se encontra um orifício dito pupila) humana”, explica Albuquerque, o efeito meio confuso para quem vê a árvore de baixo para cima, ali, bem pertinho do belo monumento.

Além das três mil bolas prateadas penduradas nas varandas das redes, oito anjos grandes e 300 mil pequenas lâmpadas estão deixando ainda mais bonita a praça de formato circular, de ziguezague de motores, de passos largos e miúdos. Ainda há espaço para que 18 refletores iluminem a árvore que deve, a cada dez dias em média, mudar de cor. Primeiro, está a amarela; depois, vem a azul; em seguida, verde; e, por último, branco.

A “culpa” de buscar num dos mais representativos elementos da cultura cearense, a rede, a estrutura das árvores do Ceará Natal de Luz é do publicitário Pablito Leivio e da arquiteta Denise Braga. Juntos, eles matutaram um símbolo regional que pudesse dar leveza, movimento e simplicidade sem perder, contudo, a forma e o significado do momento.

“É possível perceber claramente as propostas. Aqui, na Praça Portugal, ela é mais monumental. Já na Praça do Ferreira, popular, como pede o Centro. O bom de usar as redes é que a gente consegue se aproximar da figura do nordestino sem, para isso, perder a identificação visual do pinheiro”, argumenta Pablito.

Hoje, é a vez dos calçadões do Centro, da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e da sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza. Para esta semana também, o Aterro da Praia de Iracema. Entre os que já foram decorados com motivos natalinos, destaque para o Hotel Excelsior.

Apaixonada como poucas por propostas ousadas como essas, a decoradora Eliane Freire, de 55 anos, aprecia da janela do quarto a nova “companheira”, que se ilumina quando a noite vai chegando.

“Tudo está deslumbrante. E essa história das redes dá um toque original. Uma justíssima homenagem à nossa cultura. Penso que é consenso admirar e achar tudo muito bonito. Ainda mais com as lojas do entorno da praça igualmente iluminadas”.

O Ceará Natal de Luz é uma realização do Sistema Verdes Mares, CDL de Fortaleza, Nacional Gás, Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Citeluz, Grupo M. Dias Branco, Instituto CDL de Cultura e Responsabilidade Social, Bradesco, Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Fortaleza, Banco do Nordeste, Coelce, Oi e Sindiônibus.

Nenhum comentário:

terça-feira, 4 de dezembro de 2007 às 8:38:00 PM |  

Mais um mimo a enfeitar de redes Fortaleza. No fim da tarde de ontem, a árvore de natal da Praça Portugal foi inaugurada com toda a sofisticação e o charme que esse espaço público tem a oferecer aliados à temática das festas de fim de ano. Mais um presente do Ceará Natal de Luz.

Conta o produtor executivo do projeto, Paulo Albuquerque, que a árvore tem 60 metros de altura onde saracoteiam, suaves e faceiras, 240 redes brancas. “Elas vão decrescendo numa escala logarítmica. A mesma da íris (membrana circular e pigmentada do olho em cujo centro se encontra um orifício dito pupila) humana”, explica Albuquerque, o efeito meio confuso para quem vê a árvore de baixo para cima, ali, bem pertinho do belo monumento.

Além das três mil bolas prateadas penduradas nas varandas das redes, oito anjos grandes e 300 mil pequenas lâmpadas estão deixando ainda mais bonita a praça de formato circular, de ziguezague de motores, de passos largos e miúdos. Ainda há espaço para que 18 refletores iluminem a árvore que deve, a cada dez dias em média, mudar de cor. Primeiro, está a amarela; depois, vem a azul; em seguida, verde; e, por último, branco.

A “culpa” de buscar num dos mais representativos elementos da cultura cearense, a rede, a estrutura das árvores do Ceará Natal de Luz é do publicitário Pablito Leivio e da arquiteta Denise Braga. Juntos, eles matutaram um símbolo regional que pudesse dar leveza, movimento e simplicidade sem perder, contudo, a forma e o significado do momento.

“É possível perceber claramente as propostas. Aqui, na Praça Portugal, ela é mais monumental. Já na Praça do Ferreira, popular, como pede o Centro. O bom de usar as redes é que a gente consegue se aproximar da figura do nordestino sem, para isso, perder a identificação visual do pinheiro”, argumenta Pablito.

Hoje, é a vez dos calçadões do Centro, da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e da sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza. Para esta semana também, o Aterro da Praia de Iracema. Entre os que já foram decorados com motivos natalinos, destaque para o Hotel Excelsior.

Apaixonada como poucas por propostas ousadas como essas, a decoradora Eliane Freire, de 55 anos, aprecia da janela do quarto a nova “companheira”, que se ilumina quando a noite vai chegando.

“Tudo está deslumbrante. E essa história das redes dá um toque original. Uma justíssima homenagem à nossa cultura. Penso que é consenso admirar e achar tudo muito bonito. Ainda mais com as lojas do entorno da praça igualmente iluminadas”.

O Ceará Natal de Luz é uma realização do Sistema Verdes Mares, CDL de Fortaleza, Nacional Gás, Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Citeluz, Grupo M. Dias Branco, Instituto CDL de Cultura e Responsabilidade Social, Bradesco, Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Fortaleza, Banco do Nordeste, Coelce, Oi e Sindiônibus.
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: