sábado, 16 de junho de 2007

Mundo das marcas: Lojas Americanas - Preços Baixos Todos os Dias


A empresa foi fundada em 1929, pelos americanos John Lee, Glen Matson, James Marshall e Batson Borger que partiram dos Estados Unidos em direção a Buenos Aires com o objetivo de abrir uma loja no estilo Five and Ten Cents (lojas que vendiam mercadorias a 5 e 10 centavos, na moeda americana).

A idéia era lançar uma loja com preços baixos, nos moldes que já faziam sucesso nos Estados Unidos e na Europa no início do século.

No navio em que viajavam, conheceram os brasileiros Aquino Sales e Max Landesman que os convidaram para conhecer o Rio de Janeiro.

Na visita ao Rio de Janeiro, os americanos perceberam que havia muitos funcionários públicos e militares com renda estável, porém com salários modestos, e a maioria das lojas não eram destinadas a esse público.

As lojas existentes, em geral, vendiam mercadorias caras e especializadas.

Foi assim que decidiram que o Rio de Janeiro era a cidade perfeita para lançar o sonhado empreendimento – uma loja de preços baixos para atender àquela população “esquecida” e que vendesse vários tipos de mercadorias.

Assim, no ano de 1929, inauguraram a primeira LOJAS AMERICANAS, em Niterói, com o slogan “Nada além de 2 mil réis”.

Durante a primeira hora de funcionamento, nenhum cliente apareceu.

O fracasso parecia eminente.

No entanto, uma garotinha, após passar minutos olhando através da vitrine, entrou e comprou uma boneca.

A LOJAS AMERICANAS conquistava, assim, seu primeiro cliente, dos muitos que viriam depois.

No final do primeiro ano, já eram quatro lojas: três no Rio de Janeiro e uma em São Paulo.

Em 1982, os principais acionistas do Grupo Garantia entraram na composição acionária da empresa como controladores.

No ano de 1998 a rede decidiu novamente focar em seu principal negócio: lojas de descontos.

No final do ano de 1999 a empresa iniciou a venda de mercadorias através da Internet criando a AMERICANAS.COM.

O ano de 2003 teve como principal característica à aceleração do programa de expansão.

Com o objetivo de expandir a rede de lojas, foram inauguradas 13 lojas convencionais, fortalecendo a presença da companhia em mercados importantes das regiões Sudeste e Sul do país.

O conjunto de inaugurações contemplou também a abertura, no Rio de Janeiro, das três primeiras lojas AMERICANAS EXPRESS, concebidas segundo o “conceito de vizinhança”.

São lojas compactas, com sortimento selecionado, mas com os mesmos padrões de qualidade e preço que diferenciam a atuação de Lojas Americanas.

A marca no Brasil

A LOJAS AMERICANAS é uma das mais tradicionais redes de varejo do país, contando com 134 lojas nas principais cidades e 3 centros de distribuição, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, atuando também no comércio eletrônico, representada pela Americanas.com.

A rede comercializa mais de 80.000 itens de 4.000 empresas diferentes, o que faz com que a rede detenha uma grande participação do comércio brasileiro de brinquedos, bomboniere, lingerie e CD’s.

Nenhum comentário:


A empresa foi fundada em 1929, pelos americanos John Lee, Glen Matson, James Marshall e Batson Borger que partiram dos Estados Unidos em direção a Buenos Aires com o objetivo de abrir uma loja no estilo Five and Ten Cents (lojas que vendiam mercadorias a 5 e 10 centavos, na moeda americana).

A idéia era lançar uma loja com preços baixos, nos moldes que já faziam sucesso nos Estados Unidos e na Europa no início do século.

No navio em que viajavam, conheceram os brasileiros Aquino Sales e Max Landesman que os convidaram para conhecer o Rio de Janeiro.

Na visita ao Rio de Janeiro, os americanos perceberam que havia muitos funcionários públicos e militares com renda estável, porém com salários modestos, e a maioria das lojas não eram destinadas a esse público.

As lojas existentes, em geral, vendiam mercadorias caras e especializadas.

Foi assim que decidiram que o Rio de Janeiro era a cidade perfeita para lançar o sonhado empreendimento – uma loja de preços baixos para atender àquela população “esquecida” e que vendesse vários tipos de mercadorias.

Assim, no ano de 1929, inauguraram a primeira LOJAS AMERICANAS, em Niterói, com o slogan “Nada além de 2 mil réis”.

Durante a primeira hora de funcionamento, nenhum cliente apareceu.

O fracasso parecia eminente.

No entanto, uma garotinha, após passar minutos olhando através da vitrine, entrou e comprou uma boneca.

A LOJAS AMERICANAS conquistava, assim, seu primeiro cliente, dos muitos que viriam depois.

No final do primeiro ano, já eram quatro lojas: três no Rio de Janeiro e uma em São Paulo.

Em 1982, os principais acionistas do Grupo Garantia entraram na composição acionária da empresa como controladores.

No ano de 1998 a rede decidiu novamente focar em seu principal negócio: lojas de descontos.

No final do ano de 1999 a empresa iniciou a venda de mercadorias através da Internet criando a AMERICANAS.COM.

O ano de 2003 teve como principal característica à aceleração do programa de expansão.

Com o objetivo de expandir a rede de lojas, foram inauguradas 13 lojas convencionais, fortalecendo a presença da companhia em mercados importantes das regiões Sudeste e Sul do país.

O conjunto de inaugurações contemplou também a abertura, no Rio de Janeiro, das três primeiras lojas AMERICANAS EXPRESS, concebidas segundo o “conceito de vizinhança”.

São lojas compactas, com sortimento selecionado, mas com os mesmos padrões de qualidade e preço que diferenciam a atuação de Lojas Americanas.

A marca no Brasil

A LOJAS AMERICANAS é uma das mais tradicionais redes de varejo do país, contando com 134 lojas nas principais cidades e 3 centros de distribuição, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, atuando também no comércio eletrônico, representada pela Americanas.com.

A rede comercializa mais de 80.000 itens de 4.000 empresas diferentes, o que faz com que a rede detenha uma grande participação do comércio brasileiro de brinquedos, bomboniere, lingerie e CD’s.
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: