quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Começa nesta quarta a troca do brinquedo Bindeez


A importadora de brinquedos Long Jump começa nesta quarta-feira (21) a troca do brinquedo Bindeez em lojas de diversas capitais brasileiras e em algumas cidades do interior.

Os clientes que adquiriram o brinquedo devem levá-lo até algum estabelecimento autorizado para trocá-lo por outro brinquedo de igual valor. A lista de postos de troca pode ser conferida no site da empresa (clique aqui para acessar).

Nas cidades onde não há loja credenciada, o consumidor pode ligar para 0800-7703993 (todos os dias, das 9h às 17h) ou escrever mensagem para sac@longjump.com.br, para receber instruções de como realizar a troca do produto.

Caso prefira receber o dinheiro de volta, o cliente também deve entrar em contato com a empresa pelo telefone disponibilizado.

Ecstasy líquido

O produto foi retirado do mercado no Canadá, nos EUA e na Austrália, porque suas peças, quando engolidas, se transformam em uma substância similar ao GHB (ácido gama-hidroxibutírico), droga conhecida como “ecstasy líquido”.

Segundo a empresa Long Jump, responsável pela distribuição do Bindeez no Brasil, ainda não se sabe se o lote de 55.402 de brinquedos também apresenta o problema, porque os laudos do Inmetro ainda não ficaram prontos.

A assessoria de imprensa da empresa informou que a previsão é de que os laudos do Inmetro sejam divulgados até o fim desta semana. Enquanto isso, a recomendação de técnicos e médicos é manter o brinquedo longe das crianças.

Ainda de acordo com a empresa, não foi possível recolher uma quantidade significativa dos brinquedos nas lojas após a suspensão das vendas, porque a maior parte do lote já havia sido vendida.

A empresa pede que os consumidores levem para troca o maior número de bolinhas do brinquedo possível, mesmo aquelas que já tenham sido utilizadas. Segundo a Long Jump, nenhum problema com o Bindeez foi registrado no Brasil.

Nenhum comentário:


A importadora de brinquedos Long Jump começa nesta quarta-feira (21) a troca do brinquedo Bindeez em lojas de diversas capitais brasileiras e em algumas cidades do interior.

Os clientes que adquiriram o brinquedo devem levá-lo até algum estabelecimento autorizado para trocá-lo por outro brinquedo de igual valor. A lista de postos de troca pode ser conferida no site da empresa (clique aqui para acessar).

Nas cidades onde não há loja credenciada, o consumidor pode ligar para 0800-7703993 (todos os dias, das 9h às 17h) ou escrever mensagem para sac@longjump.com.br, para receber instruções de como realizar a troca do produto.

Caso prefira receber o dinheiro de volta, o cliente também deve entrar em contato com a empresa pelo telefone disponibilizado.

Ecstasy líquido

O produto foi retirado do mercado no Canadá, nos EUA e na Austrália, porque suas peças, quando engolidas, se transformam em uma substância similar ao GHB (ácido gama-hidroxibutírico), droga conhecida como “ecstasy líquido”.

Segundo a empresa Long Jump, responsável pela distribuição do Bindeez no Brasil, ainda não se sabe se o lote de 55.402 de brinquedos também apresenta o problema, porque os laudos do Inmetro ainda não ficaram prontos.

A assessoria de imprensa da empresa informou que a previsão é de que os laudos do Inmetro sejam divulgados até o fim desta semana. Enquanto isso, a recomendação de técnicos e médicos é manter o brinquedo longe das crianças.

Ainda de acordo com a empresa, não foi possível recolher uma quantidade significativa dos brinquedos nas lojas após a suspensão das vendas, porque a maior parte do lote já havia sido vendida.

A empresa pede que os consumidores levem para troca o maior número de bolinhas do brinquedo possível, mesmo aquelas que já tenham sido utilizadas. Segundo a Long Jump, nenhum problema com o Bindeez foi registrado no Brasil.
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: