quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Deputada invade programa de TV e dá tapa na cara de apresentador


Uma deputada roubou a cena em um conhecido programa de entrevistas na Venezuela.

Apesar dos seguranças, a deputada Iris Varela invadiu o estúdio da Televisora Regional de Táchira durante a transmissão do programa "Café com Açúcar"- e exigiu a palavra. No ar, ela preferiu expressar a raiva de outra maneira e deu um tapa no apresentador, Gustavo Azócar.

A deputada tomou o microfone, e, de novo, agrediu o jornalista. Alguns tapas e reclamações depois, a congressista deixou o estúdio. A cena aconteceu na terça-feira (20).

Ela afirma que foi difamada por Azócar em um livro publicado em julho deste ano.

“Ele se meteu com o que tenho de mais sagrado, que é meu filho morto”, afirmou ela.

O apresentador comentou que não irá prestar queixa na polícia.

“Vão tirar sarro de mim”, afirmou ele, que pediu, porém, que a deputada fosse detida. “A polícia deve atuar, porque a imunidade parlamentar não ampara quem comete um delito em flagrante. Ela deve ser imediatamente detida”, disse Azócar.

Nenhum comentário:


Uma deputada roubou a cena em um conhecido programa de entrevistas na Venezuela.

Apesar dos seguranças, a deputada Iris Varela invadiu o estúdio da Televisora Regional de Táchira durante a transmissão do programa "Café com Açúcar"- e exigiu a palavra. No ar, ela preferiu expressar a raiva de outra maneira e deu um tapa no apresentador, Gustavo Azócar.

A deputada tomou o microfone, e, de novo, agrediu o jornalista. Alguns tapas e reclamações depois, a congressista deixou o estúdio. A cena aconteceu na terça-feira (20).

Ela afirma que foi difamada por Azócar em um livro publicado em julho deste ano.

“Ele se meteu com o que tenho de mais sagrado, que é meu filho morto”, afirmou ela.

O apresentador comentou que não irá prestar queixa na polícia.

“Vão tirar sarro de mim”, afirmou ele, que pediu, porém, que a deputada fosse detida. “A polícia deve atuar, porque a imunidade parlamentar não ampara quem comete um delito em flagrante. Ela deve ser imediatamente detida”, disse Azócar.
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: