segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Avião cai sobre casas e mata oito pessoas


Oito pessoas morreram na tarde de domingo, dia 4 de novembro de 2007, quando um jatinho executivo modelo LearJet 35A caiu sobre residências na região de Casa Verde, na Zona Norte de São Paulo.

O avião, que caiu por volta das 14h10, havia decolado minutos antes do Aeroporto de Campo de Marte, também na Zona Norte da capital paulista.

Segundo o capitão Mauro Lopes, porta-voz do Corpo de Bombeiros, quatro homens, duas mulheres, um bebê e uma vítima não-identificada foram retirados de escombros.

A última resgatada, pouco depois das 18h, foi um bebê de aproximadamente 9 meses.

Vinte e duas equipes, com mais de 60 homens, foram enviadas para o local e o trânsito foi bloqueado nas imediações.


Em uma das casas atingidas moravam 12 pessoas.

O coronel Carlos Minelli de Sá, do Serviço Regional de Proteção ao Vôo, afirmou que o avião Learjet modelo 35, virou para o lado errado depois de decolar.


“Nesta pista, todas as curvas são à esquerda para não atrapalhar o fluxo em Guarulhos. Não se sabe por que ela [aeronave] foi para a direita. Provavelmente enfrentou algum problema”, disse.

A aeronave decolou às 14h10 da pista 30 do Aeroporto Campo de Marte, cuja cabeceira fica na Avenida Santos Dumont. As equipes de resgate encontraram no início da noite deste domingo (4) o Gravador de Voz da Cabine (CVR), que registra a conversa entre os pilotos do avião. Ele pode auxiliar na investigação das causas do acidente.


O capitão Mauro Lopes, porta-voz do Corpo de Bombeiros, informou que a maioria dos corpos estava na cozinha da residência atingida. “Tudo indica que os óbitos, com exceção do piloto e co-piloto são de pessoas da mesma família. Como em todo o acidente aéreo, os corpos estavam mutilados e queimados”, informou.

O governador de São Paulo em exercício, Alberto Goldman, afirmou que foram encerradas as buscas no local da queda do avião. Segundo ele, oito mortos foram localizados. As equipes continuam o trabalho de retirada dos escombros, de busca por vestígios humanos e por partes do avião. Caso seja necessário, o governo do estado disponibilizou equipamentos para iluminar o local do acidente.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a queda ocorreu na Rua Bernardino de Sena, 104, na Zona Norte. A Avenida Casa Verde está interditada na altura da Rua Maria Curupaiti para o trabalho do Corpo de Bombeiros.

Nenhum comentário:

segunda-feira, 5 de novembro de 2007 às 7:24:00 AM |  

Oito pessoas morreram na tarde de domingo, dia 4 de novembro de 2007, quando um jatinho executivo modelo LearJet 35A caiu sobre residências na região de Casa Verde, na Zona Norte de São Paulo.

O avião, que caiu por volta das 14h10, havia decolado minutos antes do Aeroporto de Campo de Marte, também na Zona Norte da capital paulista.

Segundo o capitão Mauro Lopes, porta-voz do Corpo de Bombeiros, quatro homens, duas mulheres, um bebê e uma vítima não-identificada foram retirados de escombros.

A última resgatada, pouco depois das 18h, foi um bebê de aproximadamente 9 meses.

Vinte e duas equipes, com mais de 60 homens, foram enviadas para o local e o trânsito foi bloqueado nas imediações.


Em uma das casas atingidas moravam 12 pessoas.

O coronel Carlos Minelli de Sá, do Serviço Regional de Proteção ao Vôo, afirmou que o avião Learjet modelo 35, virou para o lado errado depois de decolar.


“Nesta pista, todas as curvas são à esquerda para não atrapalhar o fluxo em Guarulhos. Não se sabe por que ela [aeronave] foi para a direita. Provavelmente enfrentou algum problema”, disse.

A aeronave decolou às 14h10 da pista 30 do Aeroporto Campo de Marte, cuja cabeceira fica na Avenida Santos Dumont. As equipes de resgate encontraram no início da noite deste domingo (4) o Gravador de Voz da Cabine (CVR), que registra a conversa entre os pilotos do avião. Ele pode auxiliar na investigação das causas do acidente.


O capitão Mauro Lopes, porta-voz do Corpo de Bombeiros, informou que a maioria dos corpos estava na cozinha da residência atingida. “Tudo indica que os óbitos, com exceção do piloto e co-piloto são de pessoas da mesma família. Como em todo o acidente aéreo, os corpos estavam mutilados e queimados”, informou.

O governador de São Paulo em exercício, Alberto Goldman, afirmou que foram encerradas as buscas no local da queda do avião. Segundo ele, oito mortos foram localizados. As equipes continuam o trabalho de retirada dos escombros, de busca por vestígios humanos e por partes do avião. Caso seja necessário, o governo do estado disponibilizou equipamentos para iluminar o local do acidente.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a queda ocorreu na Rua Bernardino de Sena, 104, na Zona Norte. A Avenida Casa Verde está interditada na altura da Rua Maria Curupaiti para o trabalho do Corpo de Bombeiros.
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: