sábado, 17 de novembro de 2007

Hospital público vai servir lagosta aos pacientes


Um hospital público do Recife deve ter uma variação no cardápio nos próximos dias.

Os pacientes deverão receber lagosta.

O produto foi apreendido em uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no litoral sul de Pernambuco.

Foram 154 quilos de lagosta. Os pescadores utilizavam equipamentos proibidos na captura.

Desde o fim de outubro, o instituto já apreendeu, pelo mesmo motivo, 260 quilos de lagosta no estado.

Algumas foram doadas para o hospital, para a felicidade dos pacientes.

Será que essas lagostas vão mesmo chegar aos pratos dos pacientes ou vão acabar nas panelas dos médicos e funcionários???

Nenhum comentário:


Um hospital público do Recife deve ter uma variação no cardápio nos próximos dias.

Os pacientes deverão receber lagosta.

O produto foi apreendido em uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no litoral sul de Pernambuco.

Foram 154 quilos de lagosta. Os pescadores utilizavam equipamentos proibidos na captura.

Desde o fim de outubro, o instituto já apreendeu, pelo mesmo motivo, 260 quilos de lagosta no estado.

Algumas foram doadas para o hospital, para a felicidade dos pacientes.

Será que essas lagostas vão mesmo chegar aos pratos dos pacientes ou vão acabar nas panelas dos médicos e funcionários???
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: