quinta-feira, 27 de setembro de 2007

PERSEGUIÇÃO MAL SUCEDIDA EM FORTALEZA. Polícia atira no veículo errado


Uma ação desastrosa da Polícia terminou em tragédia, ontem à noite. Policiais militares estavam em perseguição a uma Hilux de cor preta, que tinha sido utilizada por bandidos para roubarem um caixa eletrônico do Banco do Brasil, de dentro da Emlurb (no Benfica), por volta das 19h30. Naquela ocasião, seis homens fortemente armados invadiram a Emlurb através do posto de saúde Luís Costa, que fica anexo e renderam três vigilantes, tomando suas armas.

Pacientes e funcionários foram rendidos e deixados na sala de espera. Foram reféns por quase duas horas, até que os bandidos deixaram o local levando o caixa eletrônico na carroceria da caminhonete.

O veículo seguiu rumo ao Castelão. Na Avenida Alberto Craveiro, a máquina caiu da carroceria quando a Hilux passou com velocidade por uma lombada. O fato chamou a atenção de populares, que acionaram a Polícia. A partir de então se iniciou uma verdadeira ´caçada´ à caminhonete em que estavam os assaltantes.

Na Avenida Raul Barbosa, sentido contrário ao que era seguido pelos bandidos, uma Hilux de cor preta cruzou com uma viatura do Comando Tático Motorizado (Cotam). A Polícia afirma que uma ordem de parada foi dada ao guiador do veículo e não foi obedecida.

A Hilux preta, de placa HXO-8116, foi então crivada de balas. Cerca de 18 perfurações foram encontradas no veículo. Dois pneus foram estourados.

Dentro da caminhonete estavam dois casais. Enzo, italiano, e Denise, cearense, residem em Fortaleza. Tinham ido ao Aeroporto pegar os amigos Marcelino Ruiz Campelo e sua esposa, ambos espanhóis. Enzo foi baleado no braço e passa bem. Marcelino foi atingido na coluna e, segundo o médico Jonas Araújo, que estava de plantão no IJF ontem à noite, ´vai ficar paraplégico´. As mulheres não sofreram ferimentos. A caminhonete S-10 vermelha JWS-2106, que dava apoio aos bandidos, foi localizada ontem à noite na Alberto Craveiro.

Nenhum comentário:


Uma ação desastrosa da Polícia terminou em tragédia, ontem à noite. Policiais militares estavam em perseguição a uma Hilux de cor preta, que tinha sido utilizada por bandidos para roubarem um caixa eletrônico do Banco do Brasil, de dentro da Emlurb (no Benfica), por volta das 19h30. Naquela ocasião, seis homens fortemente armados invadiram a Emlurb através do posto de saúde Luís Costa, que fica anexo e renderam três vigilantes, tomando suas armas.

Pacientes e funcionários foram rendidos e deixados na sala de espera. Foram reféns por quase duas horas, até que os bandidos deixaram o local levando o caixa eletrônico na carroceria da caminhonete.

O veículo seguiu rumo ao Castelão. Na Avenida Alberto Craveiro, a máquina caiu da carroceria quando a Hilux passou com velocidade por uma lombada. O fato chamou a atenção de populares, que acionaram a Polícia. A partir de então se iniciou uma verdadeira ´caçada´ à caminhonete em que estavam os assaltantes.

Na Avenida Raul Barbosa, sentido contrário ao que era seguido pelos bandidos, uma Hilux de cor preta cruzou com uma viatura do Comando Tático Motorizado (Cotam). A Polícia afirma que uma ordem de parada foi dada ao guiador do veículo e não foi obedecida.

A Hilux preta, de placa HXO-8116, foi então crivada de balas. Cerca de 18 perfurações foram encontradas no veículo. Dois pneus foram estourados.

Dentro da caminhonete estavam dois casais. Enzo, italiano, e Denise, cearense, residem em Fortaleza. Tinham ido ao Aeroporto pegar os amigos Marcelino Ruiz Campelo e sua esposa, ambos espanhóis. Enzo foi baleado no braço e passa bem. Marcelino foi atingido na coluna e, segundo o médico Jonas Araújo, que estava de plantão no IJF ontem à noite, ´vai ficar paraplégico´. As mulheres não sofreram ferimentos. A caminhonete S-10 vermelha JWS-2106, que dava apoio aos bandidos, foi localizada ontem à noite na Alberto Craveiro.
Postado por Fred Guilhon Marcadores:

0 comentários: