terça-feira, 11 de setembro de 2007

TJ manda Universal devolver dízimo


A Igreja Universal do Reino de Deus perdeu ação no Tribunal de Justiça de São Paulo e se a decisão for mantida por instâncias superiores terá que devolver o dízimo de aproximadamente R$ 5 mil que o advogado de um ex-freqüentador alega que seu cliente pagou a um pastor da igreja em 1999.

O advogado do homem que ganhou o processo conta que seu cliente, na época recentemente separado da esposa, foi convencido a vender um automóvel Ford Del Rey para fazer a contribuição ao pastor da Universal. O processo tramitou na cidade de General Salgado, situada a 545 km de São Paulo.

“Diziam para ele que se casaria com uma mulher rica e que iria ser empresário”, afirmou. “Depois de fazer o depósito, ele caiu na real e viu que o pastor o ludibriou”, disse o advogado. O ex-fiel da Igreja Universal perdeu a ação na primeira instância, mas recorreu ao TJ, que atendeu à reclamação.

A Igreja Universal afirma por meio de sua assessoria de imprensa que vai recorrer da decisão. “A Igreja Universal do Reino de Deus informa que a cabe recurso da decisão e a assessoria jurídica da instituição está providenciando as medidas necessárias”, informou a assessoria.

Nenhum comentário:

terça-feira, 11 de setembro de 2007 às 7:18:00 AM |  

A Igreja Universal do Reino de Deus perdeu ação no Tribunal de Justiça de São Paulo e se a decisão for mantida por instâncias superiores terá que devolver o dízimo de aproximadamente R$ 5 mil que o advogado de um ex-freqüentador alega que seu cliente pagou a um pastor da igreja em 1999.

O advogado do homem que ganhou o processo conta que seu cliente, na época recentemente separado da esposa, foi convencido a vender um automóvel Ford Del Rey para fazer a contribuição ao pastor da Universal. O processo tramitou na cidade de General Salgado, situada a 545 km de São Paulo.

“Diziam para ele que se casaria com uma mulher rica e que iria ser empresário”, afirmou. “Depois de fazer o depósito, ele caiu na real e viu que o pastor o ludibriou”, disse o advogado. O ex-fiel da Igreja Universal perdeu a ação na primeira instância, mas recorreu ao TJ, que atendeu à reclamação.

A Igreja Universal afirma por meio de sua assessoria de imprensa que vai recorrer da decisão. “A Igreja Universal do Reino de Deus informa que a cabe recurso da decisão e a assessoria jurídica da instituição está providenciando as medidas necessárias”, informou a assessoria.
Postado por Fred Guilhon Marcadores: ,

0 comentários: