quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Gênio chinês de 9 anos diz que a faculdade está muito fácil e chata


O estudante universitário mais novo de Hong Kong disse que já está entediado com as aulas "muito fáceis" de seu novo curso de matemática, que começou nesta terça-feira (4).

March Boedihardjo disse aos repórteres na Hong Kong Baptist University que estava muito feliz de começar a estudar, mas que as aulas não eram estimulantes. "Aprendi isso um ou dois anos atrás", disse March.

O garoto parecia impaciente com as perguntas sem fim dos repórteres e ficava perguntando ao pai quando eles iam embora.

March disse que também não teve boa impressão de seus colegas de sala. "Eles não respondiam nada. Apenas escutavam a aula e não interagiam uns com os outros", afirmou.

Segundo o menino, seus antigos colegas de escola "queriam brincar", ao contrário dos estudantes universitários.

O gênio de 9 anos tirou duas notas "A" e um "B" em provas na Inglaterra, normalmente prestadas por adolescentes de 18 anos. A universidade de Hong Kong acabou aceitando March no mês passado. Lá, ele fará um curso especial de 5 anos - se aguentar toda aquela "chatice".
g1

Nenhum comentário:


O estudante universitário mais novo de Hong Kong disse que já está entediado com as aulas "muito fáceis" de seu novo curso de matemática, que começou nesta terça-feira (4).

March Boedihardjo disse aos repórteres na Hong Kong Baptist University que estava muito feliz de começar a estudar, mas que as aulas não eram estimulantes. "Aprendi isso um ou dois anos atrás", disse March.

O garoto parecia impaciente com as perguntas sem fim dos repórteres e ficava perguntando ao pai quando eles iam embora.

March disse que também não teve boa impressão de seus colegas de sala. "Eles não respondiam nada. Apenas escutavam a aula e não interagiam uns com os outros", afirmou.

Segundo o menino, seus antigos colegas de escola "queriam brincar", ao contrário dos estudantes universitários.

O gênio de 9 anos tirou duas notas "A" e um "B" em provas na Inglaterra, normalmente prestadas por adolescentes de 18 anos. A universidade de Hong Kong acabou aceitando March no mês passado. Lá, ele fará um curso especial de 5 anos - se aguentar toda aquela "chatice".
g1
Postado por Fred Guilhon Marcadores: ,

0 comentários: